Conselho de Jetro

Conselho de Jetro

Jane Smith, no seu livro “Delegando Poder”, fala o seguinte sobre esse assunto: “Os lideres eficazes são capazes de delegar poder às pessoas porque são confiantes, autodisciplinados e altamente motivados. Eles não se deixam abater por problemas secundários ou até mesmo por recuos importantes, e estão dispostos a assumir riscos pessoalmente e a permitir que os outros façam o mesmo. Os bons líderes sabem que não podem carregar nos próprios ombros o empreendimento inteiro ou o departamento inteiro”.

Moisés é um exemplo fenomenal de liderança, nas Escrituras Sagradas. Porém, ele teve que aprender que não conseguiria liderar sozinho. Precisou do auxílio de parceiros ministeriais nas coisas extraordinárias que realizou. Recebeu ajuda de Arão e Miriã: “Enviei diante de ti, Moisés, Arão e Miriã (Miquéias 6.4).

Um pouco mais adiante, Moisés tentou, sozinho, a responsabilidade de aconselhar, direcionar e encarregar-se das tarefas concernentes ao governo de quase um milhão de pessoas. Até que recebeu a visita do seu sogro, Jetro, que lhe deu sábios conselhos com relação a designar tarefas e delegar poder: “Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto que tu fazes ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã até à tarde?” Então disse Moisés a seu sogro: “É porque este povo vem a mim para consultar a Deus (Êxodo 18.15)”.

Jetro aconselhou Moisés sobre a necessidade de delegar, caso contrário a obra seria pesada demais para ele: “O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é bom o que fazes… Porque este negócio é muito difícil para ti, tu só não o podes fazer (v. 17)”. O seu sogro aconselhou a instituição de líderes de mil, de cem, de cinquenta e de dez. O conselho de Jetro foi dado a Moisés há cerca de 3500 anos atrás. Contudo, apesar de tão antigo, continua atual.

Ele recomenda que o dirigente se concentre nas questões mais importantes e delegue os assuntos secundários para seus auxiliares: “E seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno eles o julguem; assim a ti mesmo te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo” (v. 26)”.

Observe que conselho maravilhoso: Delegar tarefas para repartir a carga da liderança. Moisés recebeu a visão de Deus, mas precisou entender a necessidade de delegar. E, delegar não significa apenas passar tarefas para os outros.

Extraído do livro “LIDERAR É PRECISO” | Manassés Guerra
Adquira o seu agora mesmo em nossa loja: www.manassesguerra.com/produto/liderar-e-preciso/

No Comments

Give a comment