Reaprendendo a Sorrir

Reaprendendo a Sorrir

Nesse novo tempo, tivemos que nos adaptar. Com o uso da máscara, tivemos que reaprender a sorrir.

Sorrir com os olhos. Sorrir com os gestos. Sorrir com as atitudes. Tivemos que aprender a se expressar sem poder mostrar a face por completo.

Tal comportamento é extremamente importante. O caráter não se mostra na aparência. É indispensável ter a habilidade de mostrar quem é apenas pelas ações e falas. É essencial podermos falar com alguém, de modo que ela enxergue nossa bondade. Devemos agir, de modo que enxerguem nossa gentileza. Se uma máscara for capaz de esconder quem você é, então você não é, apenas aparenta.

Devemos ser imitadores de Cristo. Como diz em Mateus 5:13-16, nós somos o sal da terra e a luz do mundo. Devemos resplandecer luz por onde quer que passemos. Se somos o sal, vamos temperar o mundo com mais alegria. Se somos a luz, vamos iluminar a vida de todos os que estão conosco. Sejamos aquilo que nascemos para ser.

Mesmo que alguém não nos conheça, que possa enxergar a bondade pelo nosso agir. Vivamos de modo que nosso caráter esteja explícito em nossas ações e no nosso falar. Não deixe que a máscara da vida seja o bastante para te impedir de sorrir.

Ana Luíssa Guerra

No Comments

Give a comment