Estar mais tempo com Ele

Estar mais tempo com Ele

Perguntaram certa vez a Billy Graham: “O que você faria diferente se tivesse a oportunidade de começar tudo de novo?” A sua resposta: “Estaria mais tempo com ELE!”. Abracei este anseio como sendo meu e esta é a minha grande meta na jornada: Estar mais tempo com o Pai.

Sim, é certo, Deus está em todos os lugares. Como disse Davi: “Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?” (Salmos 139.7). Mas, esta é a onipresença de Deus. Mesmo se não pudermos sentir a sua presença isto não nega que ele esteja de fato presente. Ele está habitando dentro de mim agora mesmo! (1 Coríntios 3.16).

Porém, o meu desejo é desfrutar da sua presença manifesta. O tipo de relacionamento íntimo que Jesus propôs: “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo” (Apocalipse 3.20).

Quero interagir com a sua presença mais que tudo. Busca-lo acima de qualquer outro alvo. Deixar que ele cumpra em mim o seu propósito: “Eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aconselharei e cuidarei de você.” (Salmos 32.8). Quero fazer minha as palavras de Davi: “A minha alma anela, e até desfalece pela presença do Senhor” (Salmos 84.2 – parafraseado).

Um dos temas principais da bíblia é a paixão que Deus tem por nós: “O Senhor, o seu Deus, está em seu meio, poderoso para salvar. Ele se regozijará em você, com o seu amor a renovará, ele se regozijará em você com brados de alegria”.(Sofonias 3.17).

Quando Adão pecou, as primeiras palavras de Deus não foram uma proclamação de julgamento, mas sim: “Adão, onde você está?” e em Cristo nós achamos o nosso verdadeiro valor para Deus.

Porque ficamos distantes quando podemos ter intimidade com ele? A presença de Deus precisa ser real e tangível para nós. O Pai de amor pede a nossa presença! Ele deseja estar intimamente perto. Ele é tão maravilhoso! Mais que qualquer coisa.

Deus viu além do nosso estado e contemplou o que somente sua graça poderia enxergar. O Pai quer se aproximar de nós mais do que nós queremos nos achegar a ele: “Chegai-vos a Deus, e ele se a para vós” (Tiago 4.8). Vamos corresponder ao seu amor e ao chamado para sua presença.

Manassés Guerra

Sem comentários

Postar uma resposta