Diante do Tribunal de Cristo

Diante do Tribunal de Cristo

Nosso coração foi reavivado com a esperança dos céus e da recompensa pelo trabalho que não é vão no Senhor.(1 Coríntios 15.58). Caminhamos em direção à manifestação plena dos céus sobre este planeta, à medida que servimos ao Rei e trazemos a sua influência sobre o mundo.

Jesus percorreu a jornada e chegou lá. Ele quer, pessoalmente, nos recompensar pela etapa percorrida à medida que seguimos os seus passos, e nos inserir no Reino e no gozo vindouro. Porque chegou lá, ele se tornou a referência e a garantia de que também podemos chegar. O presente e o futuro se reúnem e tornam-se possíveis nele e por ele. Tanto na graça para o desempenho, quanto na garantia da recompensa.

Falei essas coisas para que em mim vocês tenham paz. No mundo,
vocês passam por aflições; mas tenham coragem: eu venci o mundo.”
(João 16.33).

Ele nos inspira e nos guia todos os dias nos ensinando os segredos para triunfar – o caminho, a verdade e a vida (João 14.6). O Espírito Santo e a Palavra, guardião e farol, o Mestre no nosso coração e em favor do mundo. Ouvindo a sua voz e o seguindo, dizemos como disse Paulo:

Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.”
(2 Timóteo 4.17).

Vivemos o presente, crendo neste galardão que será de acordo com as obras que realizamos, na justiça de Cristo, permitindo que Deus sirva a humanidade à medida que desenvolvemos a nossa vocação e chamado. E assim, para o homem recriado, o tribunal da prestação de contas não é um tribunal de condenação, mas de premiação e promoção, nos qualificando para o que seremos e faremos no governo de Cristo.

O Tribunal de Cristo será um tempo e um ambiente onde cada pessoa resgatada pelo sangue do Cordeiro dará contas de si mesmo a Deus. Prestação de contas não do pecador, e de sua vida de pecado e obras da carne. Mas do justo, rei e sacerdote, que reinou e serviu em adoração, nesta terra, por meio da graça de Cristo.

Galardões estarão em suas mãos para serem entregues àqueles que negociaram o tesouro confiado – dons e vocações, talentos e recursos. O Rei quer que recebamos das suas mãos prêmios e recompensas, e mais responsabilidades e riquezas, para administrarmos nas eras por vir.

Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos
de meu Pai! Venham herdar o Reino que está preparado para vocês
desde a fundação do mundo.’” (Mateus 25.34).

Extraído do livro “A VIDA NO SENTIDO DE CRISTO” | Manassés Guerra
Adquira o seu agora mesmo em nossa loja: www.manassesguerra.com/produto/a-vida-no-sentido-de-cristo-edicao-comemorativa/

Comente ( 1 )

  • Layane

    ALELUIA! Que benção! Me animei ainda mais para ler o livro!

Postar uma resposta