Sucesso e Sucessão

Sucesso e Sucessão

O valor permanente de um líder é medido pela sua sucessão. É admirável quando o líder percebe não apenas que um dia será sucedido por outro, mas ele mesmo toma a iniciativa de preparar o seu sucessor. Quando se trata de legado, este é deixado sempre por uma pessoa, não por um cargo. O treinamento de líderes para a sucessão e construção do legado deve está associado a um espírito ardente, cheio de fervor e fé nas pessoas, naquilo que elas representam e podem representar para as gerações futuras. E isso deve ser gratificante para o líder. Myles Munroe disse: “O maior ato de liderança é mentorar. O sucesso sem um sucessor é um fracasso.”

É tarefa primordial de um líder empenhar-se para criar bons líderes – já que eles não nascem prontos. Devem sempre indagar-se com perguntas como essa: “O que fiz ultimamente para moldar um novo líder?” O líder precisa ter a atitude nobre e a presença de espírito para dizer a seus liderados: “Tenho orgulho de vocês”. O líder deve também permitir que aquele que o substitui possa imprimir
as suas características e qualidades próprias.

O líder não precisa esperar morrer para deixar que outro assuma o seu lugar. A sucessão inclui perceber o momento certo para se desligar do seu projeto e iniciar outro. Jamais espere as coisas desandarem para acreditar que precisa investir na sucessão. Não precisa também esperar que ninguém o queira mais, para acreditar que é hora de apresentar o substituto. E uma vez passado o bastão, o líder anterior não deve mais interferir, como se ainda fosse o líder principal. É seu papel agora inspirar os seguidores, confiando naqueles que treinou para assumir o seu lugar e o projeto que iniciou.

Interessante ver como o Líder dos líderes construiu conscientemente o seu legado e investiu naqueles que iriam leva-lo adiante: Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai (João 14.12). Fantástico não é? Jesus não esperou que os discípulos dissessem: “Jesus, deixa a gente fazer o que você faz”. Não! Jesus se antecipou: “Vocês farão obras maiores que as minhas!”. Não vemos muitos líderes assim, não é mesmo? Alguns deles até permitem que as obras dos seus sucessores sejam iguais às suas, porém, obras maiores, jamais!

Eleanor Roosevelt disse: “A vida é como um salto de paraquedas. Você precisa fazer certo da primeira vez”. Assim, não vale a pena descobrir o seu propósito de vida e não compreender que a recompensa para aquilo que desenvolveu está profundamente conectada com o desenvolvimento de líderes. Ou seja, o seu sucesso não está determinado apenas ao quanto você se deu bem, mas a quantas pessoas você encaminhou ao sucesso. Você começou, mas não é seu. Perpetue!

Extraído do livro “LIDERAR É PRECISO” | Manassés Guerra
Adquira o seu agora mesmo em nossa loja: www.manassesguerra.com/produto/liderar-e-preciso/

Sem comentários

Postar uma resposta