Facilite e Não Complique

Facilite e Não Complique

Quantos líderes estão realmente cumprindo o seu papel de líder de uma equipe? Veja bem, o papel de um líder para com a sua equipe é elaborar as estratégias, comunicar as informações importantes, e ajudar a equipe a praticar. Sobre esse assunto Peter Drucker diz: “Muito do que chamamos gerenciamento é dificultar o trabalho das pessoas”.

Deixe que cada um trabalhe em paz na sua área de especialidade. Infelizmente essa é uma área em que muitos líderes não conseguem resistir. Eles insistem em participar ativamente do processo com a desculpa “deixe-me mostrar o que estou tentando dizer”. Mas, se você, como líder, aprender a trabalhar como o regente da orquestra, o seu pessoal crescerá como equipe e você crescerá como líder.

As organizações são reflexos de seus líderes. Se os líderes aprendem a fazer menos, sem se envolver demais com os detalhes, contrariando o que muitos podem vir a pensar, eles se tornam mais eficazes, obtendo resultados extraordinários. J. Keith Murnighan, instrutor e consultor na área de negócios assim expõe a sua visão sobre o trabalho do líder: “Eles não fazem nada – além de pensar, tomar importantes decisões, ajudar as pessoas a trabalhar melhor e acrescentar uma pitada de controle organizacional para se certificar de que as receitas sejam executadas à perfeição e o resultado seja atraente e saboroso”.

Concentrar-se nas pessoas, livrando-se de suas nocivas tendências egoístas, é um caminho infalível para o líder que almeja eficiência e o sucesso da equipe. O egocentrismo limita a nossa habilidade de levar em consideração o ponto de vista alheio. Ou, a nossa capacidade de “estar na pele do outro”. Em consequência dessa limitação, os líderes preferem viver na “bolha” que constroem para si
mesmos e assim não compreendem plenamente as palavras dos integrantes de sua equipe. Um ditado dos índios hopi reflete muito bem essa questão: “Um dedo sozinho não consegue pegar nem um grão de areia”.

Quando você é um colaborador individual o seu papel é tentar encontrar todas as respostas. Essa é a sua função – ser um especialista, o melhor no que faz, talvez até a pessoa mais inteligente na sala. Quando você é líder, sua tarefa é fazer todos os tipos de perguntas. Você deve interromper as conversas sobre uma decisão, uma proposta ou alguma informação com perguntas do tipo “E se?”, “Por que não?” e “Porque é assim?”.

O líder, antes de tudo, mostra respeito e desenvolve confiança. E uma das maneiras que ele tem de fazer isso é buscando intencionalmente nos seus liderados, as resposta para o trabalho a ser realizado. À medida que busca o diálogo, o líder deixa claro que cada integrante é parte da eficácia que busca para o trabalho a ser realizado.

Extraído do livro “LÍDER PARA VOAR” | Manassés Guerra
Adquira o seu agora mesmo em nossa loja: www.manassesguerra.com/produto/lider-para-voar/

Sem comentários

Postar uma resposta