A Bússola e o Leme

A Bússola e o Leme

Um provérbio de Salomão expressa de maneira extraordinária a vida no sentido do coração: “Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida”. (Provérbios 4.23 – NVI) . A imagem que me vem à mente, enquanto reflito sobre este provérbio, é a de um viajante solitário, agarrando ferrenhamente um mapa, com a esperança de não acabar perdido a esmo. Ou de um capitão de um grande navio que, enquanto maneja o leme norteando seu destino, sabe o quão dependente é da bússola.

Olhando ainda para as Sagradas Escrituras, encontramos a seguinte declaração: “Na verdade, há um espírito no homem, e o sopro do Todo-Poderoso o faz sábio.”(Jó 32.8). O que é o “sopro do Todo-Poderoso” senão a esfera intangível de nós mesmos – o espírito e alma – de onde procede o norteamento para a nossa vida? E qual a maneira que Deus pensou para o funcionamento irrepreensível de nós mesmos, senão ele mesmo guiando o nosso coração e sendo a luz da nossa lâmpada. Salomão sabiamente reconhece: “O espírito do homem é a lâmpada do Senhor”. (Provérbios 20.27).

Estar no comando da embarcação parece algo tão sedutor. Isso é o mesmo que estar no comando das decisões – o livre-arbítrio e o poder de escolha. Porém, o que parece ser um fascínio tentador é, ao mesmo tempo, perigoso. O que representaria para um timoneiro, assumir o comando do leme de um navio sem ter nas mãos uma bússola para orientar o rumo? Da mesma forma, é ameaçador estar no comando da vida sem a orientação que vem do coração – o espírito humano, a bússola da vida.

Ter fé e nutrir a confiança no nosso potencial e propósito é algo imprescindível para uma vida de sucesso na liderança. Mas, não atender ao saber que o coração nos transmite como voz de autoridade e instrução, é nutrir autossuficiência vã, desconectar-se do eu principal, navegar à deriva, e até mesmo naufragar.

O grande fundamentador da doutrina cristã, Paulo, enquanto aconselha seu jovem discípulo Timóteo, faz uma analogia belíssima entre seguir a consciência e navegar em alto mar: “Combate… o bom combate, mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé”. (1 Timóteo 1.18,19).

Extraído do livro “LÍDER PARA VOAR” | Manassés Guerra
Adquira o seu agora mesmo em nossa loja: www.manassesguerra.com/produto/lider-para-voar/

Sem comentários

Postar uma resposta